Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Pastel de Angu: o pastel mineiro

Receita simples, bem mineira e bem fácil de fazer. O Pastel de Angu é uma iguaria típica mineira, com origem nas cidades de Itabirito a 60 km de Belo Horizonte, Conceição do Mato Dentro, na região Central e em Poços de Caldas, no Sul de Minas. Nesses três municípios, a certeza é que a iguaria saiu das senzalas, criada pelos escravos, já que o fubá era o um alimento muito comum entre os escravos e a farinha de trigo, praticamente era inexistente nesse tempo. 
          É um pastel frito na gordura de porco, sem o uso de farinha de trigo, apenas fubá com recheios um pouco diferentes do convencional. No pastel de angu usa-se jiló, guisado, carne de sol, jiló com carne moída, umbigo de banana refogado, ora-pro-nobis, taioba com carne moída e outros recheios.
INGREDIENTES 
. 1/2 quilo de fubá de milho moído em moinho d´água (peneirado)
. 2 colheres de sopa banha de porco
. 1 litro de água
. 1 colher de chá de sal
. 1 ovo
. 1 pitada de bicarbonato
. 1/2 copo (americano) de polvilho azedo (peneirado)
. Gordura de porco o suficiente para fritar
Recheio a gosto (carne moída, frango, jiló com carne moída, carne seca, queijo, bacalhau, etc)
MODO DE PREPARO
- Em uma panela coloque a água, o sal e o óleo e ferva.

- Assim que borbulhar, coloque o bicarbonato e coloque o fubá, mexendo bem rápido com uma colher de pau para que não empelote.
- Quando estiver dissolvido, deixe cozinhando um pouco até que fique uma massa grossa. 
- Espere esfriar, acrescente o polvilho e o ovo e sove bem até que fique bem consistente.
- Enrole a massa com as mãos, abra e coloque o recheio que desejar. Feche e faça o molde tradicional dos pasteis.
- Unte os dedos com óleo e feche os pastéis pelas pontas apertando bem devagar 
- Passe óleo nas portas dos pastéis para que não se abram durante a fritura
- A consistência do fubá é diferente da farinha de trigo, por isso não se deve usar rolos ou máquinas para fazer os pastéis. Use somente as mãos, principalmente para abrir a massa.
- Frite em óleo bem quente e sem mexer até que comecem a dourar e já dourando, pode virar para fritar dos dois lados.
Fotografias de Judson Nani em Barão de Cocais MG)

4 comentários:

  1. Parabéns por manter nossa tradição culinária

    ResponderExcluir
  2. Fubá na água quente sempre empelota. Para isso não acontecer, dissolva o fubá em um pouco de água e depois despeje na água quente. Não empelota mais

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens populares

Seguidores